Comic-Con San Diego, Séries de TV e Cinema A cobertura da Comic-Con feita por um brasileiro para brasileiros e muito mais!
  • scissors
    June 2nd, 2011Edu TeixeiraSéries

    Se você, assim como eu, gostou muito do cliffhanger do último episódio de “The Event” e está p%$# de não saber o que vai acontecer depois, tenho uma boa notícia para te dar. Começaram a circular na internet rumores de que o SyFy, o canal a cabo irmão da rede aberta NBC, pode ressuscitar a recém finada série em forma de uma minissérie que daria fim à trama.

    Cancelada no mês passado, “The Event” não conseguiu manter a audiência conseguida em sua estreia, perdendo mais de meio milhão de telespectadores ao longo dos 22 episódios de sua primeira e única temporada.

    Como o canal SyFy faz parte do conglomerado NBC-Universal, a operação ficaria bem mais simples do que se fosse para outro canal a cabo qualquer. “The Event” tem ótimas chances de agradar em cheio o público alvo do SyFy (pelo menos aqueles que não estão sintonizando para ver luta livre). Além disso, a audiência conseguida pela série na NBC é muito mais do que suficiente para manter a série viva em um canal a cabo.

    O grande problema em qualquer série – e em particular nessa operação – é o custo de produção. “The Event” foi a tentativa da NBC de repetir o sucesso da ABC com “Lost”, e seu orçamento reflete exatamente isso. O Syfy, que filma quase todas as suas séries originais no Canadá, talvez não tenha bala na agulha para manter o padrão de qualidade da série.

    De qualquer forma, uma minissérie contendo entre 6 e 10 episódios poderia perfeitamente dar um fim digno à história contada na primeira temporada da série, sem desfalcar demais a conta bancária do SyFy. Para fechar a trama seriam necessários roteiros engenhosos e um ritmo frenético, muito mais intenso do que o habitual da série, mas é perfeitamente possível dar as respostas até agora negadas aos fãs do seriado.

    Espero que o boato se torne verdade. Por mais que a segunda metade da temporada tenha sido um tanto decepcionante, o episódio final foi tão bom que praticamente compensou os defeitos. Foi um final muito ficção científica, se é que vocês me entendem.

    Posts Relacionados:

    Tags:
  • scissors
    May 14th, 2011Edu TeixeiraSéries

    Essa bomba sobreviveu

    Parecia uma briga de foice em um quarto escuro. Ontem as grandes redes americanas de TV aberta abriram a caixa de ferramentas e o resultado foi um verdadeiro banho de sangue no horário nobre. Mas a sexta-feira 13 não foi só de más notícias. Algumas séries foram renovadas, inclusive – a aparentemente imortal – “Chuck”. Além disso, NBC, CBS, ABC, FOX e, até a CW, começaram a anunciar os projetos escolhidos para virarem séries na próxima temporada.

    Abaixo, farei um balanço dos acontecimentos, dando minhas opiniões sobre as decisões.

    Como bem disse minha amiga Marina Musa do Cine Séries, “a ABC ligou o fo%$-se” e cancelou “Better With You”, “Brothers & Sisters”, “Detroit 1-8-7”, “Mr. Sunshine”, “No Ordinary Family”, “Off The Map” e “V”, renovando “Body of Proof”, “Desperate Housewives” e “Happy Endings”.

    A grande maioria faz sentido, principalmente por conta do esgotamento de “Brothers & Sisters”, da falta de pegada de “V” e de qualidade das demais, mas duas decisões da ABC me deixaram triste. A renovação da péssima “Body of Proof” e o cancelamento da melhor sitcom lançada nessa temporada, “Better With You”. Não discordo delas, pois acredito que, na maioria das vezes, as redes tomam essas decisões de negócio embasadas pelas estatísticas de audiência e cálculos de custo/benefício. Está dando lucro, fica, não está, roda. É duro, mas é isso.

    A CBS foi a única das grandes redes que não anunciou nada além da aprovação de alguns projetos. Falo deles mais tarde.

    A FOX começou a carnificina no meio da semana. Cancelou “Breaking In”, “The Chicago Code”, “Human Target”, “Lie to Me” e “Traffic Lights”. Dessas, apenas “The Chicago Code” merece considerações. Particularmente gostava muito dela.  Além de um ótimo elenco, Shawn Ryan escreve bem demais. Fica a sensação que se fosse exibida na CBS, por exemplo, seu destino poderia ser bem diferente. No cômputo geral, A FOX merece crédito por ter renovado “Fringe”. Essa sim, uma decisão muito mais baseada em qualidade do que em lucro.

    Zachary Levy e o colírio Yvonne Strahovski

    A NBC, a lanterninha em termos de audiência, precisa de mudanças e elas virão. Animada pela boa estreia do reality show (eu odeio) “The Voice” no fim da temporada, a outrora líder quer virar o jogo. Passou a régua em “The Event”, “Law & Order: Los Angeles”, “Outsourced” e “Perfect Couples”, e renovou “Parenthood”, “Harry’s Law”, e surpreendentemente, “Chuck”.

    Não me entenda mal. Eu adoro o espião atrapalhado que conquistou a loira dos sonhos (dele e de qualquer homem heterossexual do planeta). O problema é que a audiência da série vem mal das pernas no fim da temporada, batendo recordes negativos na faixa etária dos 18 aos 49 anos. O voto de confiança da emissora ao encomendar 13 episódios para a próxima temporada pode ser encardo de duas formas. Ou eles querem dar uma chance para a série de ganhar tração, conseguindo depois os outros 9 para completar a temporada, ou essa será a leva final e os produtores e roteiristas precisam pensar em um plano de despedida. Pessoalmente, torcerei para “Chuck” enganar a morte mais uma vez.

    Eu gostava de “Outsourced”. Ela nos deus um dos melhores personagens da temporada, o Gerente Assistente Rajiv (Rizwan Manji), mas entendo que não tenha caído no gosto da maioria. “Harry’s Law” começou bem, mas perdeu gás e sua renovação me surpreendeu um pouco. Já “The Event” não entendeu a lição ensinada por “Flash Forward” na temporada passada: depois de “Lost”, séries de sci-fi disfarçadas de drama precisam ter algo mais, dar algo melhor ao público. Se ficar enrolando muito, a galera troca de canal. Os produtores ainda procuram uma alternativa para manter a série viva. O NetFlix, gigante de aluguel online e por streaming de filmes, anunciou que pretente passar a fornecer conteúdo original e pode ser o destino de “The Event“. Só não prendam a respiração esperando por isso.

    Detalhes sobre os projetos que foram aprovados e descartados em um próximo texto, ainda nesse fim de semana.

    Posts Relacionados:

    Tags: , , , , , , , , ,
  • scissors
    February 24th, 2011Edu TeixeiraSéries

    Em mais um vídeo promocional liberado pela NBC, os produtores de “The Event”, Evan Katz, Nick Wauters, Jeffrey Reiner e Steve Stark e os atores Cliffton Collins Jr (Thomas), Ian Anthony Dale (Simon) e Laura Innes (Sophia) discutem os sleepers, ou seja, os alienígenas que durante décadas viveram infiltrados entre os humanos na esperança de libertar seus companheiros presos pelo governo americano e de voltar para casa.

    “The Event” voltará do hiato em 7 de Março com um episódio duplo. Enquanto esperamos, vale a pena assistir “Deconstructing The Event: The Sleepers”.

    Posts Relacionados:

    Tags:
  • scissors
    February 16th, 2011Edu TeixeiraSéries

    Enquanto aguardamos pela volta de “The Event“, uma das melhores novidades dessa temporada, assista ao vídeo promocional “Deconstructing The Event: Loyalty & Deception“, liberado ontem pela NBC.

    A série volta do hiato no dia 7 de Março de 2011 com um episódio duplo.

    Posts Relacionados:

    Tags:
  • scissors
    February 8th, 2011Edu TeixeiraSéries

    A NBC liberou a terceira parte de “A Day in the Life With Jason Ritter”, um vídeo promocional de “The Event”. A série, que teve sua volta do hiato adiada para o dia 07 de Março, ainda luta para ser renovada para a segunda temporada.

    Posts Relacionados:

    Tags:
  • scissors
    February 3rd, 2011Edu TeixeiraSéries

    O fim do hiato na exibição de “The Event” foi adiado em uma semana pela NBC. A boa notícia para os fãs da série é que o episódio da volta, em 7 de Março, será duplo.

    A mudança foi motivada justamente pela série que substituiu “The Event” em seu slot, “The Cape”. Nessa semana, a NBC anunciou o corte na encomenda inicial da fraca série de super-herói, de 13 para 10 episódios. O adiamento permitirá que “The Cape” tenha todos os episódios exibidos antes da volta de “The Event”.

    É cedo ainda para dizer que “The Cape” está cancelada, mas os indícios são fortes e “The Event” que não vinha tendo uma audiência confortável, acaba melhorando sua posição por comparação com o resultado de sua substituta.

    O episódio da volta de marcará a estreia da personagem recorrente vivida por Virgina Madsen (Sideways – Entre Umas e Outras)

    Para ajudar os fãs a passar o tempo, assista ao segundo vídeo de Jason Ritter por trás das câmeras.

    Posts Relacionados:

    Tags: ,
  • scissors
    January 31st, 2011Edu TeixeiraSéries

    Está com saudedes de “The Event“? Então chegou a hora de amenizar esse problema. Assista ao vídeo liberado ontem pela NBC, no qual o ator Jason Ritter serve de anfitrião e nos leva para uma visita aos bastidores da série. “The Event” está em hiato e tem volta marcada para o dia 28 de Fevereiro.

    Posts Relacionados:

    Tags:
  • scissors
    December 2nd, 2010Edu TeixeiraFilmes, Séries

    Clique para ampliar

    Séries de canais a cabo, como “Dexter”, “The Walking Dead” e “Boardwalk Empire”, continuam sendo alvos óbvios de piratas, mas foram as séries de canais abertos que lideraram a lista das mais baixadas na semana passada. Curiosamente, duas séries bem ameaçadas de cancelamento estão entre as três líderes: “Chuck” e “The Event”.

    Baixo séries há anos, por morar no Brasil e não suportar esperar pelos novos episódios. No levantamento, não há dados de quantos estrangeiros (não norte-americanos) baixaram essas séries, porém fica claro que a percepção é que o download dentro dos EUA está prejudicando muito algumas delas.

    Segue a lista das 10 séries mais baixadas no “The Pirate Bay”:

    1. Chuck
    2. Gossip Girl
    3. The Event
    4. Dexter
    5. 90210
    6. Lie to Me
    7. The Walking Dead
    8. Boardwalk Empire
    9. Lost Girl
    10. True Blood

    Clique para ampliar

    Dispicable Me”(Meu Malvado Favorito) foi o filme mais pirateado em sites torrent na semana passada. O lançamento do DVD nos EUA está previsto para 14 de Dezembro. Ele empurrou “Inception” (A Origem) – líder na semana anterior – para o segundo lugar.

    Segue a lista dos 10 filmes mais pirateados segundo o TorrentFreak:

    1. Despicable Me
    2. Inception
    3. Easy A
    4. Harry Potter and the Deathly Hallows
    5. The Sorcerer’s Apprentice
    6. The Social Network
    7. Takers
    8. Scott Pilgrim vs. the World
    9. Dinner for Schmucks
    10. Shrek Forever After

    Posts Relacionados:

    Tags: , , , , , ,
  • scissors
    November 30th, 2010Edu TeixeiraSéries

    Estamos chegando no fim do ano e no que ficou convencionado como midseason das séries nos Estados Unidos. É hora novas séries estrearem, substituindo as canceladas, e de um balanço do fall season 2010. Particularmente, achei uma temporada fraca em novidades. Com certeza 2010 não entrará em nenhuma lista das melhores temporadas de estreias na história, mas mesmo assim houve novidades que merecem destaque.

    Sem mais delongas, os indicados são:

    Boardwalk Empire (HBO)

    Produzida pelo mestre Martin Scorcese, que também dirigiu o piloto, “Boardwalk Empire” é uma série que tem que ser assistida. Steve Buscemi lidera um elenco sem grandes destaques, mas que faz um trabalho magistral. Roteiros, direção de arte e produção são primorosos.

    Steve Buscemi está magistral

    The Walking Dead (AMC)

    Talvez a novidade mais aguardada da temporada, a série baseada em uma revista em quadrinhos de sucesso fez jus à toda expectativa dos fãs. É simplesmente sensacional. É mais uma que você tem que arrumar um jeito de encaixar no seu calendário de séries.

    Fim do mundo com muita qualidade

    Blue Bloods (CBS)

    A melhor estreia da TV aberta. Mesmo sendo exibida nas sextas-feiras, um dia muito complicado para qualquer série, “Blue Bloods” vem fazendo bonito na audiência, levando sua emissora a liderar seguidamente a noite. Tom Selleck e Donnie Wahlberg se destacam no elenco com atuações precisas.

    Tom Selleck e Donnie Wahlberg

    Hawaii Five-0 (CBS)

    O remake do seriado clássico também vem atraindo uma boa audiência para a CBS, e a despeito de alguns episódios que eu considerei fracos, também mostrou qualidades para ser destacado. Acho inferior aos outros candidatos, mas no fim das contas, eu só voto uma vez.

    Combatendo o crime no paraíso

    The Event (NBC)

    Muita gente achou que seria uma tentativa de substituir Lost”. Eu sempre encarei “The Event” como uma sucessora de “Flash Forward“, série que teve seus defeitos, mas que terminou muito bem e merecia mais uma chance. A série tem uma narrativa não linear e isso incomoda algumas pessoas, o que não é o meu caso. Gosto de ter o trabalho de montar a série na cabeça. Ainda não vi o midseason finale,  que foi ao ar ontem, mas acredito que “The Event” mereça destaque, apesar da audiência relativamente baixa.

    Mais uma boa série sci-fi sem audiência

    Fiquei muito em dúvida entre “Boardwalk Empire” e “The Walking Dead“. No fim das contas, a série dos zumbis me faz ficar mais ansioso pelo próximo episódio, e leva a meu voto por um nariz.

    E você? Em qual vota?

    Qual a melhor nova série dramática da fall season 2010?

    • "The Walking Dead" (AMC) (44%, 72 Votes)
    • "Boardwalk Empire" (HBO) (17%, 28 Votes)
    • "Hawaii Five-0" (CBS) (17%, 28 Votes)
    • "The Event" (NBC) (11%, 18 Votes)
    • Outra (7%, 12 Votes)
    • "Blue Bloods" (CBS) (3%, 5 Votes)

    Total Voters: 163

    Loading ... Loading ...

    Posts Relacionados:

    Tags: , , , ,
  • scissors
    September 21st, 2010Edu TeixeiraSéries

    O sucessor de Lost ou um novo Flash Forward?

    Com o fim de Lost e o fracasso de Flash Forward, um espaço se abriu no nicho das séries de mistério-cheias-de-perguntas-que-não-sabemos-se-teremos-respostas. “The Event”, a mais misteriosa da nova safra, estreou na noite de ontem (20/09/2010) e ainda é muito cedo para dizer se ela conseguirá chegar perto do que Lost foi ou sequer superar Flash Forward.

    Algumas questões não saem da cabeça quando uma série tenta ser do jeito que “The Event” tenta. Será que  terá respostas no tempo certo para manter nossa atenção? Conseguirá manter o mistério ao longo da temporada? Conseguirá evitar o erro de falta de ritmo na metade da temporada que tanto prejudicou Flash Forward?

    No primeiro episódio nada ficou esclarecido. E isso por si só, já é algo que nos fará voltar semana que vem. Fica evidente que a intenção era fazer um piloto em duas partes. Infelizmente, a segunda metade só irá ao ar na próxima segunda-feira.

    “The Event” tem uma narrativa não linear e isso pode confundir alguns. A ação vai e volta no tempo em ritmo alucinante. O clima é tenso quase o tempo todo, e mesmo em momentos que supostamente deveriam ser de calmaria, ficamos com a sensação que algo está para acontecer muito em breve.

    A primeira parte do piloto já dá algumas pistas do que pode ser o tal evento, mas eu não vou estragar a surpresa. Sem entrar em muitos detalhes, o que esse primeiro episódio revela é a existência de um campo de prisioneiros no Alasca, que nem o presidente dos Estados Unidos sabia que existia até bem pouco tempo. Nele, Sophia (Laura Innes de E.R.) e outros 97 prisioneiros são mantidos aparentemente sem qualquer direito civil.

    Mesmo após apelos enfáticos de seu staff, o presidente Elias Martinez (Blair Underwood de “Dirt Sexy Money”) decide fechar o campo, libertar os prisioneiros e “apresentá-los” para o mundo. Tudo corre como planejado até que…bem, digamos que o cliffhanger final foi mais do que suficiente para queremos mais. A melhor estréia de nova série até o momento.

    Se você quiser baixar esse episódio usando Bittorrent, clique aqui. Depois de assistir, comente!

    Posts Relacionados:

    Tags: ,