Comic-Con San Diego, Séries de TV e Cinema A cobertura da Comic-Con feita por um brasileiro para brasileiros e muito mais!
  • scissors
    May 14th, 2011Edu TeixeiraSéries

    Essa bomba sobreviveu

    Parecia uma briga de foice em um quarto escuro. Ontem as grandes redes americanas de TV aberta abriram a caixa de ferramentas e o resultado foi um verdadeiro banho de sangue no horário nobre. Mas a sexta-feira 13 não foi só de más notícias. Algumas séries foram renovadas, inclusive – a aparentemente imortal – “Chuck”. Além disso, NBC, CBS, ABC, FOX e, até a CW, começaram a anunciar os projetos escolhidos para virarem séries na próxima temporada.

    Abaixo, farei um balanço dos acontecimentos, dando minhas opiniões sobre as decisões.

    Como bem disse minha amiga Marina Musa do Cine Séries, “a ABC ligou o fo%$-se” e cancelou “Better With You”, “Brothers & Sisters”, “Detroit 1-8-7”, “Mr. Sunshine”, “No Ordinary Family”, “Off The Map” e “V”, renovando “Body of Proof”, “Desperate Housewives” e “Happy Endings”.

    A grande maioria faz sentido, principalmente por conta do esgotamento de “Brothers & Sisters”, da falta de pegada de “V” e de qualidade das demais, mas duas decisões da ABC me deixaram triste. A renovação da péssima “Body of Proof” e o cancelamento da melhor sitcom lançada nessa temporada, “Better With You”. Não discordo delas, pois acredito que, na maioria das vezes, as redes tomam essas decisões de negócio embasadas pelas estatísticas de audiência e cálculos de custo/benefício. Está dando lucro, fica, não está, roda. É duro, mas é isso.

    A CBS foi a única das grandes redes que não anunciou nada além da aprovação de alguns projetos. Falo deles mais tarde.

    A FOX começou a carnificina no meio da semana. Cancelou “Breaking In”, “The Chicago Code”, “Human Target”, “Lie to Me” e “Traffic Lights”. Dessas, apenas “The Chicago Code” merece considerações. Particularmente gostava muito dela.  Além de um ótimo elenco, Shawn Ryan escreve bem demais. Fica a sensação que se fosse exibida na CBS, por exemplo, seu destino poderia ser bem diferente. No cômputo geral, A FOX merece crédito por ter renovado “Fringe”. Essa sim, uma decisão muito mais baseada em qualidade do que em lucro.

    Zachary Levy e o colírio Yvonne Strahovski

    A NBC, a lanterninha em termos de audiência, precisa de mudanças e elas virão. Animada pela boa estreia do reality show (eu odeio) “The Voice” no fim da temporada, a outrora líder quer virar o jogo. Passou a régua em “The Event”, “Law & Order: Los Angeles”, “Outsourced” e “Perfect Couples”, e renovou “Parenthood”, “Harry’s Law”, e surpreendentemente, “Chuck”.

    Não me entenda mal. Eu adoro o espião atrapalhado que conquistou a loira dos sonhos (dele e de qualquer homem heterossexual do planeta). O problema é que a audiência da série vem mal das pernas no fim da temporada, batendo recordes negativos na faixa etária dos 18 aos 49 anos. O voto de confiança da emissora ao encomendar 13 episódios para a próxima temporada pode ser encardo de duas formas. Ou eles querem dar uma chance para a série de ganhar tração, conseguindo depois os outros 9 para completar a temporada, ou essa será a leva final e os produtores e roteiristas precisam pensar em um plano de despedida. Pessoalmente, torcerei para “Chuck” enganar a morte mais uma vez.

    Eu gostava de “Outsourced”. Ela nos deus um dos melhores personagens da temporada, o Gerente Assistente Rajiv (Rizwan Manji), mas entendo que não tenha caído no gosto da maioria. “Harry’s Law” começou bem, mas perdeu gás e sua renovação me surpreendeu um pouco. Já “The Event” não entendeu a lição ensinada por “Flash Forward” na temporada passada: depois de “Lost”, séries de sci-fi disfarçadas de drama precisam ter algo mais, dar algo melhor ao público. Se ficar enrolando muito, a galera troca de canal. Os produtores ainda procuram uma alternativa para manter a série viva. O NetFlix, gigante de aluguel online e por streaming de filmes, anunciou que pretente passar a fornecer conteúdo original e pode ser o destino de “The Event“. Só não prendam a respiração esperando por isso.

    Detalhes sobre os projetos que foram aprovados e descartados em um próximo texto, ainda nesse fim de semana.

    Posts Relacionados:

    Tags: , , , , , , , , ,
  • scissors
    January 24th, 2011Edu TeixeiraSéries

    clique para ampliar

    Assisti o piloto de “Perfect Couples”, nova sitcom da NBC que estreou semana passada nos Estados Unidos, e tive uma certeza que poucas vezes tenho imediatamente após ver uma nova série. Eu decidi que tinha odiado o que acabara de ver. Simples assim.

    É raro, ver o que era para ser uma comédia, ter tão pouca graça. Em seus vinte e poucos minutos de duração não dei uma risada sequer. E olha que eu não sou difícil de fazer rir.

    Talvez tenha sido a comparação, quase que imediata, com “Better With You” (ABC) que me fez ter tamanha convicção que a série não tinha graça. As semelhanças são notáveis. Três casais próximos, em fases distintas de relacionamento, cada ulidando com os problemas do dia a dia de forma diferente. Em “Better With You”, a diferença de idade e de tempo de relacionamento entre os casais funciona muito bem e por serem todos da mesma família, fica fácil de entender a proximidade dos casais. Não estou dizendo que a série é ótima, mas é boa o suficiente para fazer rir.

    Já em “Perfect Couples”, é difícil entender como os três casais sequer são amigos, tamanha a falta de afinidade entre eles. A tentativa de dar liga ao relacionamento do grupo de amigos não poderia ser mais chupada de “Friends”. Dois deles são irmão e irmã (Ross e Monica) e dois foram amigos de faculdade (Ross e Chandler).

    Mesmo bebendo na fonte de uma das melhores sitcoms de todos os tempos, e tendo Scott Silveri, ex-produtor de “Friends” como um de seus criadores, eu já não esperava muito da série. Então, excesso de expectativa não prejudicou meu julgamento.

    A NBC realmente anda perdida e a recente aprovação de sua venda para a Comcast, uma gigante de comunicação, em um primeiro momento não ajuda a estabilizar as coisas. É triste ver que a rede, que há não muito tempo era líder de audiência (em 2004, por exemplo), tenha caído tanto. A recente estreia de “The Cape” e o sinal verde para a produção do piloto de Mulher Maravilha (mais detalhes em breve) mostram que o barco realmente está à deriva.

    Se você ainda assim quiser ver essa bomba, clique aqui para baixar o piloto via BitTorrent. Depois comente. Só não vale reclamar que eu não avisei.

    Posts Relacionados:

    Tags: , ,
  • scissors
    January 20th, 2011Edu TeixeiraSéries

    Perfect Couple” (NBC) é uma sitcom sobre três casais, em fases distintas de seus relacionamentos, enfrentando problemas parecidos. Qualquer semelhança com “Better With You” (ABC) não é mera coincidência. A diferença aqui é que os três casais não são da mesma família.

    Vance (David Walton) e Amy (Mary Elizabeth Ellis) formam o casal que vive brigando, mas tem uma vida sexual das mais intensas. Rex (Hayes MacArthur) e Leigh (Olivia Munn) se vêem como especialistas em relacionamentos, e por consequência, como um “casal perfeito”, enquanto Dave (Kyle Bornheimer) e Julia (Christine Woods de “Flash Forward”) podem ser considerados o casal médio, com o qual qualquer um de nós pode se identificar.

    A série, que estreia hoje nos Estados Unidos,  foi criada por Jon Pollack (“Spin Ciy”) e Scott Silveri (“Friends”) e isso deveria me animar, mas tenho poucas expectativas que ela seja realmente boa. Obviamente, vou conferir o piloto com a melhor das boas vontades. Assim que o fizer, coloco minha opinião no blog.

    Assista alguns vídeos sobre a série:

    Sneak peek

    Rex e Leigh

    Vance e Amy

    Perfeitos um para o outro

    Posts Relacionados:

    Tags: ,
  • scissors
    October 1st, 2010Edu TeixeiraSéries

    Better With You: Boas risadas

    Nenhuma das novas comédias dessa temporada me empolgou realmente, embora tenha gostado de “Outsourced”, “Running Wilde” e “Shit My Dad Says”. Gostei delas o suficiente para assistir mais alguns episódios e ver se elas “crescem em mim”, como diria uma expressão em inglês. Ontem finalmente tive tempo de conferir a última das novas comédias, “Better With You” (ABC) e foi o piloto que mais me fez rir nessa temporada.

    A série é criação de Shana Goldberg-Meehan, produtora que trabalhou em “Friends” e “Mad About You”, o que já é um senhor cartão de visitas, porém o elenco não tem nenhum nome de grande apelo.

    Quando Mia (Joanna Garcia de Reba) anuncia que vai se casar, depois de um namoro relâmpago de sete semanas, com Casey (Jack Lacy), sua irmã mais velha Maddie  (Jennifer Finnigan de Closer to Home) e seu namorado de nove anos Ben (Josh Cooke) são obrigados a rever a “escolha de vida” que fizeram: Nunca se casar.

    Kurt Fuller (Supernatural) e Debra Joe Rupp (That 70’s Show) fazem os pais de Mia e Maddie. Casados há trinta e cinco anos, ainda tentam se recuperar da perda de grande parte de suas economias, com a crise financeira que assolou os Estados Unidos.

    “Better With You” é centrada nas relações desses três casais com tempos de relacionamento bem distintos, e nas diferenças que isso representa.

    Na estréia, ela atraiu de 7,9 milhões de espectadores, conseguindo segurar boa parte da audiência herdada de “The Middle” (8,8), sendo 2,5 na faixa etária 18-49. Nada mal. Já na segunda semana, a audiência caiu para 7 milhões (2,2 de 18-49).

    Para conferir o piloto, clique aqui para baixá-lo via Bittorrent.

    Posts Relacionados:

    Tags: ,