Comic-Con San Diego, Séries de TV e Cinema A cobertura da Comic-Con feita por um brasileiro para brasileiros e muito mais!
  • “The Playboy Club”: Muito barulho por quase nada

    0
    scissors
    September 30th, 2011Edu TeixeiraSéries

    Amber Heard é de tirar o fôlego

    Depois de muita controvérsia, protestos e boicotes, finalmente “The Playboy Club” foi ao ar e no fim das contas, nem a publicidade gratuita ajudou o novo drama da NBC a conseguir uma audiência animadora. Apenas 5,15 milhões de espectadores ligaram a TV para ver a série, sendo apenas 1,6 da faixa etária que mais importa (18-49 anos).

    Para colocar esses números em perspectiva, na temporada passada, a péssima “Chase” – que acabou rapidamente defenestrada – atraiu 7,31 milhões na estreia (2,3 de 18-49) no mesmo dia e horário. Em resumo, “The Playboy Club” já nasceu morta.

    Mas e o conteúdo? Vale a pena ver a série? A série nitidamente tenta surfar a onda de popularidade de “Mad Men”, mas nem de longe consegue. Faltam roteiros e interpretações de qualidade para sequer mencionar as duas séries na mesma frase. para não dizer que a série é um completo desperdício, a protagonista Amber Heard (Amor por Contrato) é capaz de provocar taquicardia em defunto. É linda, extremamente sensual e charmosa. Infelizmente para ela e para a série, isso é muito pouco para justificar o investimento de dinheiro, tempo e trabalho na produção.

    E a polêmica se justifica? Sendo direto, fizeram muito barulho por nada. Ou sendo mais justo, quase nada. Os grupos feministas e religiosos deveriam ter visto o piloto antes de iniciar a cruzada contra o show. Veriam que o silêncio e a indiferença seriam mais apropriados. Pode vir a ser a primeira série a ser cancelada na temporada 2011.

    Posts Relacionados:

    Tags: ,