Comic-Con San Diego, Séries de TV e Cinema A cobertura da Comic-Con feita por um brasileiro para brasileiros e muito mais!
  • Guia Comic-Con para brasileiros interessados. Parte 3: San Diego

    1
    scissors
    August 7th, 2010Edu TeixeiraComic-Con

    Quando se planeja ir à Comic-Con, duas decisões são muito importantes:  onde se hospedar e como se locomover. Para decidir com um mínimo de critério, é preciso informações sobre a cidade de San Diego. Esse é o típico caso que não existe certo ou errado, apenas preferência pessoal.

    Se você pensa que San Diego é uma cidade pequena, já passou da hora de usar o “São Google” e rever seus conceitos, mas ao invés de falar na cidade de San Diego, vou falar sobre o Condado de San Diego, pois assim aumentam as opções de hospedagem. O Condado de San Diego, que engloba várias cidades (San Diego, Chula Vista, Coronado, Del Mar, El Cajon, Encitas, Escondido, Imperial Beach, La Mesa, etc.), é nada menos que o 5º maior condado dos Estados Unidos em população (3.208.466 em 2009) e ocupa 11.722,3 Km2 de área terrestre, o que dá uma densidade de apenas 274,9/Km2. Para situar melhor, a região metropolitana do Rio de Janeiro, ou Grande Rio, tem população de 11.902.701 (em 2008) e área total de 5.645 Km2, com uma densidade demográfica de 2.096,56/Km2. Ou seja, o Condado de San Diego ocupa mais do que o dobro da área do Grande Rio e tem uma população quase 3 vezes menor.

    Fica claro que San Diego é um condado “espalhado”, onde um descuido na hora de escolher o hotel fará com que você fique muito distante do centro de convenções. Por outro lado, quanto mais próximo do centro da cidade de San Diego (Downtown), mais caro serão as diárias na época da Con. Ficando mais perto do centro, abre-se a possibilidade do uso de transporte público (ônibus e bondes) e se pode dispensar até o aluguel do carro. Como falei, tudo uma questão de escolha. Na última parte desse artigo, vou detalhar melhor os custos e assim ficará mais claro como decidir.

    Ao fundo a ponte para Coronado

    A cidade de San Diego em si é uma graça. Charmosa, bem cuidada e Downtown, onde o centro de convenções se localiza, é um capítulo à parte. Merece uma visita com calma. Além disso, San Diego tem o que é considerado o mais importante zoológico do mundo. Dando tempo, é parada obrigatória. Isso sem falar no Sea World, o parque aquático Legoland, as praias, e por aí vai.

    Portanto, ir à Comi-Con pode ser muito mais do que você imagina. E olha que eu estou me concentrando somente na região de San Diego. Los Angeles fica logo ali (duas horas de carro) e tem Hollywood, Disneylândia, Universal Studios e muito, muito mais.

    Na próxima parte, que deve ser a última, falarei sobre custos, escolhas estratégicas, dicas de como economizar e sobre o que eu acertei e errei na viagem de 2010.

    Posts Relacionados:

    Tags: ,