Comic-Con San Diego, Séries de TV e Cinema A cobertura da Comic-Con feita por um brasileiro para brasileiros e muito mais!
  • Ex-produtor de Jornada nas Estrelas perde ótima chance de ficar calado

    0
    scissors
    February 1st, 2011Edu TeixeiraSéries

    O "gênio" Brannon Braga

    Brannon Braga, roteirista e ex-produtor de Jornada nas Estrelas, expressou arrependimento pelo fato de nenhuma das instâncias da franquia jamais ter incluído em suas estórias, um personagem assumidamente gay. Fico perplexo com tamanha cara de pau. Não faltaram oportunidades para ele corrigir esse “defeito”, já que esteve envolvido em, nada menos do que, 3 séries da franquia. É muita vontade de aparecer, de ser politicamente correto e liberal em tempos que ser liberal está na moda.

    Braga, na melhor das hipóteses, pode ser considerado um tremendo pé-frio. Na pior, um grande incompetente. Sua fama é algo que sempre me intrigou, senão vejamos. Seu primeiro trabalho digno de nota foi como co-produtor da ótima Jornada nas Estrelas: A Nova Geração. Entrou no fim da festa, quando a série ia para sua temporada final. Logo, não pode levar crédito pelo sucesso da mesma. Depois, foi um dos principais responsáveis pelas esquecíveis Jornada nas Estrelas: Voyager e Jornada nas Estrelas: Enterprise, consideradas pelos fãs, as duas piores séries da franquia. Enterprise durou apenas 3 temporadas, um recorde negativo para os filhotes da série clássica.

    Depois de ajudar consideravelmente a depreciar o valor de Jornada nas Estrelas e a colocar a franquia na geladeira, Braga se aventurou em outros projetos. Criou e produziu “Threshold”. A série fracassou após somente 13 episódios irem ao ar. Tentou repetir o pulo do gato da “Nova Geração” e embarcou na equipe do sucesso “24”. Foi co-produtor executivo na penúltima temporada e assumiu o comando como produtor executivo na última. Ênfase em última temporada. Mais uma série de sucesso que ele ajudou a cancelar. Depois veio “Flash Forward”, uma boa série que poderia ser sua redenção, mas um meio de temporada confuso e um hiato longo demais atrapalharam e a série acabou cancelada. Coincidência? Acho difícil.

    Fiquei super ansioso quando soube que Steven Spielberg voltaria com força total à televisão, produzindo “Terra Nova”. O balde de água fria veio em seguida: Brannon Braga estava no projeto e será seu showrunner. Agora só um milagre salva “Terra Nova”. E pelo histórico do sujeito, tem que ser dos grandes.

    Posts Relacionados:

    Tags: , ,